Paquetá

Criado por Pedro Bruno, renomado artista brasileiro defensor da natureza e amante dos pássaros, o cemitério de Paquetá é tão significativo que foi tombado pelo Patrimônio Histórico, por estar localizado numa área de proteção ambiental.

No cemitérios de Paquetá estão, por exemplo, o mausoléu da família de Augusto Severo, que foi amigo de Santos Dumont e precursor também da aviação; e o Monumento da Marinha.

O cemitério possui uma capela em forma de gruta totalmente feita de pedra (obras do artista Pedro Bruno). E nela, o pintor colocou dois quadros seus: São Francisco de Assis falando aos pássaros e Cristo ao luar, ambos premiados.

E são também de Pedro Bruno os projetos do muro da frente, do Cruzeiro, da Casa da Administração, do Mausoléu da Marinha, que lembra os soldados mortos na Revolta da Armada de 1893.  O próprio pintor Pedro Bruno está enterrado no cemitério.

O cemitério de Paquetá possui também um monumento erguido em devoção à Nossa Senhora e ao Menino Jesus feito nos mesmo moldes da gruta (lapidado em pedra), cuja cruz é feita em Art Déco – estilo artístico que surgiu na Europa na década de 1920.

Cemitério dos Pássaros

O Cemitério dos Pássaros, único no Brasil, fica ao lado do Cemitério de Paquetá. Criado também pelo artista Pedro Bruno, possui 25 lápides com tamanho de uma caixa de sapato, além das conhecidas esculturas ‘O Pássaro Abatido’ e ‘A Coruja’ lapidadas em pedra e feitas pelo renomado paisagista e pintor.

Com um atmosfera bucólica, o cemitério conta, ainda, com mensagens poéticas de artistas famosos, uma área de piquenique, e os moradores de Paquetá costumam frequentar o local para fazer reflexão, descansar, e contemplar a natureza.

Álbum de fotos

  • img-20161128-wa0061
  • img-20161128-wa0059
  • img-20161128-wa0055
  • img-20161128-wa0049
  • paqueta-2
  • paqueta-3
  • ee842e3019fee30e4ca87cc93974d54b_xl

Endereço e contatos

Endereço: Rua Manoel de Macedo, 137 – Ilha de Paquetá.
Telefone
: 0800 022 1650